Minhas idas ao garimpo… parte 2

Mais um cartucho para a coleção diretamente do mercado livre

 

Na matéria sobre ports de arcade para o Snes recebi alguns comentários de colegas meus falando da falta de  Super Street Fighter 2 na matéria, bem deixei ele de lado de proposito, por causa que meu cartucho estava para chegar.

img003

Bem finalmente ele esta em minhas mãos. Somente abrindo uns parênteses eu tinha esse cartucho desde criança mais por uma má escolha troquei ele por Mortal Kombat 2 que parou de funcionar 2 meses depois.

Um ótimo lugar para se comprar jogos difíceis de e encontrar e o mercado livre geralmente estão  em ótimo estado de conservação e funcionando perfeitamente, claro sempre dar uma olhada na classificação do vendedor e também buscar referencias sobre quem está vendendo para você é uma ótima maneira e aumentar  suas chances de não ter dor de cabeça.

Sem Título-1Sem Título-2

A desvantagem é a espera do pagamento até você ter o cartucho em suas mãos, bem tenho um grave problema com isso, sempre gostei de pagar e levar o que paguei na hora, acho que é por isso que não sou muito fã de compras por internet. Além da demora de entrega por causa de todo o tramet.

  • 2 dias para acusar seu pagamento
  • 2 a 4 dias para o vendedor postar o cartucho
  • 6 a 9 dias para a entrega do correio (quantidades de dias pode variar de estado para estado.)

Para mim que não gosta de esperar isso é quase um parto, mais e bem gratificante quando um cartucho chega, agora vamos dar uma olhada nessa belezinha, bem graficamente não se diferencia a sua versão arcade apenas com algumas diferenças de sprites e também na área de som  mais nada que modifique ou prejudique sua jogabilidade. Segue abaixo algumas Screenshots do Snes e Arcade:

Snes Arcade

Sem Título-10000

Tela de abertura port Snes Tela de abertura versão Arcade

Sem Título-20001

Seleção de personagens port Snes Seleção de personagens versão Arcade

Sem Título-30002

Screen do jogo port Snes Screen do jogo versão Arcade

A Algumas diferenças nas 2 versões, mais nada de desaponte quem estiver jogando na verdade a Capcom fez um excelente trabalho nesse port ao meu ver.

As diferenças básicas estão mais visíveis na área do som, no começo dos rounds não existe o narrador, alguns sfx dos cenários foram retirados.

Na parte gráfica não a muito o que dizer apenas as faixas pretas diminui da tela, e na parte de cenários o game esta bem fiel a versão Arcade.

Ha meu ver Super Street Fighter para Snes e um jogo ter que ser presença garantida na coleção de um fanático por games de luta,  claro junto com mais alguns títulos.

1 Response to "Minhas idas ao garimpo… parte 2"

  1. Jorge says:

    Super Street Fighter II é um jogaço sem dúvidas mas na versão para consoles eu prefiro a versão para Mega Drive por ter bem menos cortes se comparado com a versão do SNES, a versão do Mega tem a narração do "Round", a música dos cenários continuam na transação de um round para o outro e os finais dos personagens, todos sem exceção estão completos iguais aos da versão arcade, já na versão do SNES, alguns finais sofreram cortes, o que acabou tornando alguns finais bem sem-sentido, principalmente o final da Chun-li onde cortaram a cena do começo em que a Chun-li visita o túmulo do pai dela, só tem a opção de escolher qual caminho que a Chun-Li segue depois. Por alguma decisão comercial, a Capcom decidiu cortar algumas coisas na versão do SNES e caprichar mais na versão do Mega Drive, isso é comprovado no tamanho do jogo, a versão do SNES tem 32 megas e a versão do Mega Drive tem 40 megas, isso explica o por que que a versão do Mega Drive tem menos cortes do que a versão do SNES.

    Fica aí o meu comentário...

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
powered by Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme